Mundo dos Viajantes

Castelo de São Jorge e seu incrível Pôr do Sol

Em nossa segunda viagem pela Europa uma das cidades que visitamos foi Lisboa. Nós chegamos em Lisboa  no início da tarde e como ainda tínhamos metade do dia para aproveitar já que no verão o dia rende mais, resolvemos conhecer o Castelo de São Jorge.  De lá é possível apreciar o lindo pôr do Sol da cidade.

Como ficamos hospedados no Hotel Mondial localizado na praça Martin Moniz (uma ótima localização por sinal) não foi difícil tomar essa decisão de conhecer o Castelo de São Jorge mesmo não estando nos planos do primeiro dia de viagem na cidade.

Há três possibilidades de chegar ao Castelo de São Jorge:

É possível ir a pé subindo pelas escadarias do bairro (levando em torno de 15 a 20 minutos), uma vez que o Castelo de São Jorge fica numa das partes mais altas de Lisboa; outra opção é  pegar uma Tuk-tuk, uma uma mistura de táxi -moto que leva de 2 a 4 pessoas dependendo do seu tamanho (preço a combinar com o motorista) ou ainda pegar o Bondinho 28E.

Como  Hotel que ficamos  se localiza na praça Martin Moniz pegamos o bondinho 28E  lá mesmo. A Praça Martin Moniz é um dos pontos de parada  do bondinho que vai para o  Castelo de São Jorge e também possui uma estação de metrô.

Dica: Caso você pegue o bondinho na praça Martin Moniz tenha paciência, pois há filas e saí cheio  (pelo menos foi assim no verão, alta temporada). Lembro que para conseguir pegar um dos bondinhos 28E esperamos uns 30 minutos. Contudo mesmo com esse tempo todo de espera vale a pena porque andar de bondinho elétrico antigo em Lisboa e um dos passeios que todo o turista deve fazer, é uma forma de você sentir a cidade.

Ao optar pelo Bondinho, tem que descer na estação Miradouro de Santa Luzia e de lá andar mais uns 3 minutos (250 metros) até a entrada / bilheteria do Castelo de São Jorge.

Castelo de São Jorge – uma breve história

O Castelo de São Jorge  é um  Monumento Nacional que integra a zona nobre da antiga cidadela medieval (alcáçova) constituída pelo castelo, os vestígios do antigo paço real e parte de uma área residencial para elites.

A fortificação construída pelos muçulmanos em meados do século XI era o último reduto de defesa para as elites que viviam na cidadela: o alcaide mouro, cujo palácio ficava nas proximidades, e as elites da administração da cidade, cujas casas são ainda hoje visíveis no Sítio Arqueológico.

Com a integração de Portugal na Coroa de Espanha em 1580 o Castelo de S. Jorge adquire um caráter funcional mais militar, que se manterá até ao início do século XX.  Já a classificação do Castelo de São Jorge como Monumento Nacional, por Decreto Régio ocorreu em  de 1910.

Conhecendo o Castelo de São Jorge

Basicamente o Castelo de São Jorge se divide basicamente em três áreas: Galeria onde se localiza algumas exposições permanentes, temporárias e  a cafeteira; a Fortificação onde você pode passear pelas ruínas do castelo, suas torres  e  o núcleo arqueológico.

 

Fonte: Site do Castelo de São Jorge

Como a nossa ideia era aproveitar a linda vista do Castelo de São Jorge  e assistir o maravilhoso pôr do sol  andamos praticamente por toda a sua parte externa beirando a muralha antes de conhecer a parte interna da fortificação.

Dentro da Fortificação do Castelo de São Jorge andamos por todas suas torres.

Em Lisboa existem vários pontos para observar o pôr do sol, mas achamos o Castelo de São Jorge o melhor ponto para apreciar essa maravilha da natureza.

Informações úteis:

Endereço: Rua Santa Cruz do Castelo, 1100-129 Lisboa, Portugal

Funcionamento:

1 Novembro a 28 Fevereiro | 9h00 – 18h00
(Fechado – 24, 25 e 31 Dezembro e 1 Janeiro)

1 Março a 31 Outubro | 9h00 – 21h00
(Fechado – 1 Maio)

(Última entrada: 30 minutos antes da hora de encerramento)

Camera Obscura | 10h – 17h20
Sujeito às condições meteorológicas

 

Preços

Adulto: 8,5 €

Estudantes (< 25 anos) 5 €

Família (2 adultos e 2 crianças) 20 €

Pessoas com deficiência 5 €

Sénior (> 65 anos) 5 €

 

Telefone: +351 218 800 620

Site:  http://castelodesaojorge.pt/pt/

E-mail: info@castelodesaojorge.pt

Posts relacionados