Mundo dos Viajantes

SNOWLAND, primeiro parque de neve indoor das Américas e único no Brasil

Em nosso sexto e último dia em Gramado fomos conhecer o Snowland que como escrevemos no título é primeiro Parque de neve indoor das Américas e único no Brasil. E que o seria um Parque de neve indoor? um parque fechado que tem neve simulada, ou seja, a neve ali foi fabricada. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site da Brocker Turismo.

A estrutura do Parque é muito boa, lembra Parques de Orlando, mas não tão grande quanto, é claro. O Snowland possui uma área total de 16 mil metros quadrados e atualmente está ampliando o espaço para novas atrações, portanto teremos que voltar para conferir rsrs.

O Parque Snowland é dividido 3 áreas: Vilarejo Alpino, Mirante Bela Vista e Montanha de Neve.

Nós chegamos no Parque por volta das 10h:30, e era uma segunda-feira do mês de março, logo baixa temporada. Segundo os funcionários, no domingo o Parque estava lotado, portanto tivemos sorte, pois pegamos o Parque bem tranqüilo, já li relatos de fila de espera de 1 a 3 horas.

Na entrada do Parque os visitantes assinam um termo de responsabilidade e recebem uma pulseira que deverá ser devolvida ao final, esta pulseira deverá ser usada para entrada nas atrações e consumo em alguns restaurantes.

A primeira área que fomos foi a Montanha de Neve. Nessa atração temos que colocar roupas adequadas fornecidas pelo Parque, pois a temperatura é de gelar, nesse dia estava -5 graus. Mesmo com as roupas adequadas fornecidas para essa atração, sugiro ir para o Parque trajando calça, meias e casaco, pois o único espaço com temperatura ambiente é na Praça de alimentação.

Então devidamente vestidos fomos conhecer o espaço Montanha de Neve. Logo na entrada há um relógio com medidor de temperatura com alguns pingüins, ali a parada para fotos é certa. A temperatura era menos 5 graus, meu nariz congelou e entupiu, aos poucos fui me acostumando e melhorou.

Do lado esquerdo há uma caverna com o personagem Yet, um tipo de monstro das Montanhas, o atrativo na verdade é para registros de fotos divertidas, mas pagas, então se não tiver interesse em comprar as fotos nem precisa entrar.

Na Montanha de Neve há as atrações como Snow Play apenas para crianças, trata-se de um lindo Castelo com mini-tubing (bóia que escorrega pela neve). Há também a escola de esqui/snowboard, uma atração paga a parte que não tivemos interesse de fazer, acho não seria o suficiente para aprender alguma coisa. As outras atrações são Oficina do Tio Urso e Espetáculo Flokus (fiquem atentos aos horários).

E por fim, a atração que mais chama a atenção para os adultos: Tubing, uma bóia gigante no qual sentamos e descemos pela montanha de neve. Como o Parque estava bem tranqüilo, descemos aproximadamente 7 vezes, pois terceira vez em diante nem fila havia. É uma atração muito gostosa e divertida, com certeza a melhor. Por trás da Montanha também há uma outra atração com tubing, nessa a entrada fica do lado esquerdo, escorregamos por corredores estreitos de gelo e caímos numa saída ao lado direito.

Na Montanha de Neve há também um espaço que serve chocolate quente para ajuda aquecer e também tem um Restaurante.

Importante: é preciso saber que uma vez que o visitante saí da área Montanha de Neve, não pode mais retornar, não curtimos muito isso, mas acredito que seja por conta do vestuário, pois toda vez que alguém entra  recebe vestuários higienizados, logo não daria vazão ocorrer “um entra e saí” de pessoas.

Dica: quem não conhece a neve como eu não conhecia e quer pegar na mesma para brincar, deixe para o final, pois as luvas vão ficar molhadas e vai interferir no aquecimento das mãos, a tonta aqui ficou com as mãos congelando rsrs.

Ao sair da Montanha da Neve fomos almoçar no 2º andar, onde fica o espaço Mirante Bela Vista. Ali fica a praça de alimentação, cinema 7d (atentar para os horários), algumas atrações infantis e restaurantes. Dali temos a vista panorâmica de toda a Montanha de Neve. Achamos a decoração do espaço muito fofa.

Após o almoço fomos conhecer o Vilarejo Alpino que tem lojas, um pub, patinação no gelo e um simulador 7D. Eu não sei patinar, já o Bruno sim, portanto sempre me esforço para tentar acompanhá-lo, mas dessa vez minha tentativa foi bem rápida e dei apenas uma volta rsrs enquanto ele continuou pelo tempo restante que faltava (cada grupo fica até 30 minutos).

Dali fomos para o simulador 7D que para nós foi a segunda melhor atração do Snowland. Ficamos em pé num simulador que faz parecer que estamos esquiando em Montanhas, o atrativo me lembrou a simuladores que conheci em Parques Disney e Universal, foi muito divertido, é imperdível.

Por fim achamos o Parque bem bacana, estrutura incrível, portanto reserve um dia para conhecê-lo. Conseguimos aproveitar bem porque estava bem tranqüilo no dia em que fomos, tanto que fomos embora por voltas 14:00h.

Informações adicionais:

– O Parque possui estacionamento privativo pago;

– Compre os ingressos antecipadamente para evitar filas, acesse o site www.brockerturismo.com.br e adquira o seu;

– O Parque aluga armários, mas nas atrações é possível usar mochila sem problema algum, nós inclusive usamos. Acredito que para aulas de esqui/snowboard seja necessário.

– Fiquem atentos aos horários do cinema 7D e o Espetáculo Flokus;

– Essa é uma das atrações que o BUSTOUR te leva;

– Funcionamento: de segunda a domingo das 10:00h às 17:00h. O espaço Montanha  de Neve e patinação fecha às 16h30.

– O Parque fecha todas quartas, exceto nos meses de julho, dezembro e na primeira quinzena de janeiro.

 

 

 

 

 

Posts relacionados

Um comentário sobre “SNOWLAND, primeiro parque de neve indoor das Américas e único no Brasil