Mundo dos Viajantes

Turistando no Rio – Ilha Fiscal

A nossa visita à Ilha Fiscal era uma promessa do tipo dieta que começa  na segunda-feira. Nós estávamos sempre dizendo que íamos, mas acontecia algo ou mudávamos os planos. Isso é uma vergonha como moradores do Rio, mas enfim saiu rs.

Mas afinal, o que é essa bendita Ilha Fiscal? A Ilha Fiscal fica no interior da Baía de Guanabara, em frente ao Centro do Rio. A Ilha antes funcionava como um posto aduaneiro, portanto  realizava a inspeção das cargas que chegavam ao Rio.

Em 1913 a Ilha Fiscal foi transferida para a Marinha pelo Ministério da Fazenda, portanto a  Ilha é hoje parte do Complexo Cultural do Serviço de Documentação da Marinha (DPHDM) e tem sido muito bem conservada.

Curiosidade: foi na Ilha Fiscal que ocorreu  um dos mais importantes eventos da história do Brasil: o último baile do Império.  O evento foi realizado em 9 novembro de 1889, simbolizou a ostentação da monarquia com números impressionantes. Ao todo três mil pessoas compareceram ao evento. O baile foi super disputado e foi a última festa da família imperial.

Esse evento ficou conhecido como “O Último Baile do Império”, realizado alguns dias antes da Proclamação da República.

O Castelo da Ilha Fiscal, conhecido como Castelinho é realmente lindo e impressionante, a arquitetura foi inspirada na Região de Provence na França.

Como funciona o passeio: os bilhetes são comprados na Espaço Cultural da Marinha (ECM), localizado no Boulevard Olímpico, próximo à Pira Olímpica, local de venda dos ingressos e do embarque.

Munidos do bilhetes embarcamos numa escuna e vamos em direção à Ilha. Durante o percurso a escuna circunda a Ilha, nos permitindo vê-la de diversos ângulos.

Já na Ilha o passeio é realizado em grupos e com visita guiada pelo interior do Castelo. Do terraço do Castelo temos uma bela vista da Baía de Guanabara, Aeroporto Santos Dumont e Pão de Açúcar, Ponte Rio Niterói.

O passeio foi maravilhoso, apesar do sol ventava bastante, portanto não sentimos calor, então fiquem atentos e usem proteção solar. A beleza do Castelo somada a beleza ao redor do mesmo torna a Ilha Fiscal um atrativo imperdível.

O ingresso para Ilha Fiscal também dá direito a visita da Nau, Helicóptero Museu, Submarino e Navio Museu que fica no espaço da Marinha, onde se compra os bilhetes.

A  Nau é uma réplica  das embarcações portuguesas utilizadas  para navegar pelo  mundo em no século XVI.

O Submarino foi construído nos anos 70 e hoje se tornou peça de Museu, o interessante é ver o quão pequeno é o espaço. A sensação é de que estamos encurralados. E eu desastrada como sempre, bati a cabeça e os dedos dos pés várias vezes.

O Navio Museu foi construído nos EUA e depois de 40 anos  de atividade tornou-se um navio museu, tendo sua visitação aberta ao público iniciada em 1982.

Importante informar que na Ilha Fiscal e no Espaço da Marinha há uma Lanchonete que vende lanches básicos, como salgados, sanduíches , refrigerante e água.

Dias de visitação: de quinta a domingo e nos dias de feriados, exceto os de não funcionamento.

Horários:às 12h30, 14h e 15h30. A bilheteria abre às 11:00h. Preço: R$ 30,00 e R$ 15,00 meia entrada, valores atualizados até setembro de 2017.

Duração: 
A visitação tem a duração de 2h, aproximadamente, já incluso o deslocamento

Maiores informações acessar o site: https://www.marinha.mil.br/dphdm/ilha-fiscal ou pelos telefones: 2104-5506, 2104 5493, 2104-6691

Posts relacionados